quinta-feira, 22 de junho de 2017

Como ter uma aparência chique gastando pouco



Olá!

Como disse outras vezes, não sou nenhuma expert em moda. Mas gosto de aprender e de compartilhar o que sei. Hoje, quero falar um pouco sobre como ter uma aparência chique gastando pouco.

Não é obrigatório comprar roupas, acessórios e maquiagens caras, de marca, pra ser elegante. Até porque vemos pessoas ricas e que são bregas. E vemos pessoas que compram em lojas de departamento e que são elegantes.

Então, vamos lá com algumas dicas:

- Cuide a combinação de cores. Color Blocking é uma tendência legal, que está aí faz algum tempo, e que mistura peças com cores que casam entre si. Mas misturar cores que não fecham uma com a outra fica cafona. Pesquise a respeito por ‘círculo cromático’ e aprenda a combinar as cores ao se vestir;



- Estampa Animal ou  Animal Print é outra tendência muito elegante, mas que precisa ser usada com parcimônia. É como tempero, usa-se apenas um pouquinho. Se usar demais, passa do ponto. Ao montar um look, dá pra colocar, por exemplo, um lenço com estampa oncinha, ou um calçado com estampa pele de cobra, ou um cinto zebrado... Nada de usar tudo ao mesmo tempo, nem uma peça de roupa toda com estampa animal. Claro que você encontrará nas lojas blusas, vestidos, blazers todos em animal print. Mas não é porque comercializam que é chique; simplesmente, tem quem compre;




- Quer ver coisa que deixa o look com cara de roupa barata? É em tecido 100% poliéster. A única benesse desse tipo de tecido é que seca rápido ao ser lavado. Se é isso que você  procura, compre roupas em viscose. É um tecido sintético, mas com cara de algodão, tem um bom caimento e deixa o look legal;




- Procure aprimorar seus conhecimentos sobre maquiagem. No You Tube, existem muitos tutoriais ensinando a se maquiar. Uma das coisas mais bregas é maquiagem exagerada e mal feita;



- Cuide de suas unhas. Mantenha-as limpas, aparadas e lixadas. Leve na bolsa um creme pra quando as mãos e/ou as cutículas estiverem ressecadas. Para o dia a dia, é mais prático esmalte em cores claras. Se descascar, não fica gritante que descascou. Esmalte escuro (vermelho, marrom...) descascando é muito feio;



- Cuide do seu cabelo. Mantenha-o limpo, penteado e com o corte em dia (pontas ressecadas, bem como cabelo que não se ajeita porque já está sem corte, é nada bonito). Faça hidratação em casa mesmo, não precisa gastar em estética com isso. Existem no mercado produtos bons que dão um tratamento de choque nos cabelos ressecados pelas tinturas e pelo secador de cabelo. Se você pinta porque tem muito cabelo branco, retoque a raiz periodicamente. Se faz mechas ou luzes, não deixe passar mais de três meses entre uma e outra ida ao cabeleireiro (por falar nisso, preciso ir ao cabeleireiro refazer as minhas);



- Tenha bom senso ao usar bijuterias ou joias. Se colocou brincos grandes, não coloque colar. Não encha o braço de pulseiras como se quisesse usar todas elas de uma vez. Nem use vários anéis de uma só vez. Efeito “viúva Porcina” é o ‘ó do borogodó’. E ao comprar bijuterias, compre daquelas bonitas, com cara de joia;



- Vestidos e saias curtos, shorts cavados, blusas deixando parte dos “meninos” à mostra... São muito vulgares. Francamente, consegue imaginar uma mulher chique se vestindo assim?;



- Evite usar saltos altos demais (tipo salto 15). Difícil ver uma mulher com um calçado assim que consiga caminhar elegantemente, além de ficar caricato. Anos 70, Era Disco, já passou;



- Poderia citar outros pontos, mas encerro com aquilo que considero o mais importante. De nada adianta a mulher ser chique na aparência se o seu jeito de ser e de se comportar é brega. Falar palavrão, fazer fofoca, fazer barraco, alimentar egoísmo, maldade e inveja, ser luxenta, ficar se fazendo de vítima pra ser paparicada, não ter interesse em aprender a cozinhar e a cuidar de uma casa (porque acha que é “coisa de mulherzinha” ou de “empregada doméstica”), não gostar de ler e de aprender coisas novas são alguns aspectos que diminuem uma mulher.

Bom, vou ficando por aqui, e espero que as dicas tenham sido úteis. Até a próxima!







domingo, 9 de abril de 2017

Conhecimento e fé





Quando menina, meu sonho de consumo era ter uma boneca Amiguinha e uma casa de boneca como as das fotos acima. Pra mim, eram os brinquedos mais lindos e legais que existiam! 

Eu devia ter uns cinco anos, tinha ido na casa de uns tios-avós com minha família, quando chegaram umas pessoas com uma menina. Ela trazia uma boneca Amiguinha, e fiquei admirada pelo fato de a boneca ser quase do tamanho dela! Achei um brinquedo tão maravilhoso que lembro como se fosse hoje eu pensando: "Esta boneca deve ser muito cara! O pai não pode comprar uma pra mim..." Pensava a mesma coisa com relação à casa de boneca... Só que eu não sabia que meu pai tinha condições de comprar tanto a boneca quanto a casinha! Bastaria eu ter pedido a ele! Mas meu desconhecimento impediu de eu pedir e de receber.

Muitas pessoas se encontram nessa situação com relação a Deus. Necessitam da ajuda Dele, mas não pedem! Várias razões levam-nas a agir assim. Algumas acham que Deus não está olhando pra elas, e que Ele não se importa com suas necessidades. Outras acham que têm que contar somente com a força do braço delas, e que seria uma humilhação contar com a ajuda de Deus. Outras nem crêem que Ele existe, ficando à mercê da própria sorte. Outras acham que tem mais a agradecer do que a pedir (forma de pensar aparentemente tão piedosa, mas que pode esconder uma incredulidade. Se pedir, será que receberei?). Enfim, as diversas formas de cegueira espiritual levam o ser humano a uma vida separada de Deus e impedida de fazer uso do direito de pedir e de receber Seu auxílio.

Mas a verdade é que Deus pode e quer nos ajudar! O Senhor Jesus, entre todas as promessas que fez aos que crêem, disse: "...Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á; porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á." (Lucas 11.9-10) E quem crê e pede, tem recebido!

Desafio você a crer! Toda a força mental negativa que você tem empregado na incredulidade, decida, usando a razão, em transformar em força positiva de fé. A partir de hoje, encare como auto sabotagem alimentar a dúvida e a incredulidade. E decida que se esforçará pra crer. Leia a Bíblia pra conhecer a Deus, saber como Ele pensa. Peça pra Ele lhe ajudar a entender o que está lendo pra que você possa extrair a vida contida nas Palavras Dele. Esforce-se pra colocar em prática os ensinos de Deus. E se prepare para as mudanças que paulatinamente você verá em sua vida, começando pelo seu interior! Vale a pena crer!




quinta-feira, 6 de abril de 2017

Desabafo


A palestra do deputado federal Jair Bolsonaro, no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, no último dia 3, foi um dos discursos mais marqueteiros, racistas e desprezíveis que ouvi nos últimos tempos. Realmente, a boca fala do que o coração está cheio. Não tem como ser diferente. O ódio que verteu em suas palavras foi algo estarrecedor. Não entendo como um indivíduo pode se referir a seres humanos com tamanho desprezo, desrespeito e antipatia. Justo de pessoas menos favorecidas, que vivem à margem da sociedade, pelas quais um político deveria olhar.

Será que Bolsonaro esquece que os índios são os legítimos donos do Brasil? Será que esquece  que os brancos invadiram e tomaram à força a terra, as riquezas e os próprios índios, os quais foram escravizados e abusados de toda sorte? Os donos da terra tornaram-se mendigos em sua própria pátria!

E os negros quilombolas? O deputado esquece que foi o trabalho braçal dos negros, trazidos pra cá como escravos, que ajudou a construir o Brasil? Em "gratidão e respeito" a eles, comparou-os pejorativamente a gado!

Também fiquei perplexa com a reação das hienas abestadas da plateia que riam e aplaudiam o discurso inflamado. Não sei se eram todos de origem israelita ou não. Será que eles têm memória tão curta que já esqueceram das atrocidades que os judeus sofreram no holocausto? Será que são do tipo de gente que terá de passar por sofrimentos pra aprender a solidariedade, a empatia? Acredito piamente que muitos judeus discordam da forma como agiu essa parcela dos presentes. Quem pensa, não concorda.

Queria saber se Bolsonaro tem planos claros e concretos de inclusão social dos indígenas e dos negros quilombolas na sociedade. Tirar essas pessoas de reservas e quilombos, lugares onde se sentem amparadas e protegidas, pra serem jogadas à própria sorte no mundo dos brancos é, no mínimo, uma crueldade sem tamanho! Não é dessa forma que se faz política. Até porque o caos em que se encontra o Brasil não é culpa nem de indígena, nem de negro quilombola... Será que o deputado esqueceu o que é dever moral? O governo brasileiro tem dever moral pra com eles!
 
Quanto mais vejo a forma desumana de certas criaturas pensarem, em pleno século XXI, mais me faz lembrar da música de Roberto Carlos: "Eu queria ser civilizado como os animais..." Bolsonaro não passa de um reflexo de uma parcela da população. Infelizmente. Pelo menos, já sei em quem NÃO votar nas próximas eleições.





terça-feira, 4 de abril de 2017

Poemeto IV



De Como Nasce um Poema

Poemas são como filhos
Concebe-se a ideia
E, com caneta e papel
Vão tomando forma
Criando corpo
E como vidas
Vêm à luz!




Poemeto III




É de Papel

Amassada, rasgada
Queimada e consumida
De nenhum préstimo
De lado, esquecida
Assim é a fé
Quando de papel





Poemeto II




Da Utopia

Era ilusão
Bolha de sabão
Esvaiu-se
E se desfez




quarta-feira, 15 de março de 2017

A fé de um cego de nascença

Tanque de Siloé

A foto acima é do Tanque de Silóe (ou Reservatório de Siloé ou Piscina de Siloé), marco situado na parte inferior da inclinação sul de Ophel, o local que fazia parte da antiga Jerusalém, a oeste do vale do Cédron e da antiga Cidade de Davi, agora ao sudeste (parte externa) das paredes da antiga cidade. O reservatório era um receptáculo para as águas da Fonte de Giom, que eram levadas para lá por dois aquedutos - o canal da Idade do Bronze descoberto em 1867 por Charles Warren (um canal de água no fundo da caverna num corte reto de uns 20 metros que era coberto com lajes de rocha) datado da Idade do Bronze 1800 a.C., e o Túnel de Ezequias (um túnel construído na rocha, do tempo do reinado do rei Ezequias 700 a.C.)*

Estava lembrando da vez em que o Senhor Jesus curou, de uma forma insólita aos olhos dos religiosos da época, um cego de nascença conhecido na região. Está registrado no capítulo 9 do Evangelho de João. Todos que transitavam pela rua o viam assentado mendigando. Jesus, vendo que o cego tinha fé pra ser curado, cuspiu no chão, fez lodo misturando saliva com terra e untou os olhos do homem com o lodo. Isso num dia de sábado que, segundo o Judaísmo, é um dia para ser guardado, um dia de descanso de todas as atividades. Então, Jesus disse para o cego ir até o Tanque de Siloé lavar os olhos. Ele foi e, daquele momento em diante, passou a ver!

Estava meditando em cima desse acontecimento que tem tanto a nos ensinar! Começando em porquê Jesus fez lodo com saliva e terra, e aplicou nos olhos do cego. De certo, o cego já ouvira falar dos feitos de Jesus e, quem sabe, até sonhava em ser curado. Quando Jesus agiu assim, fez algo pra ajudar o cego a crer. Coloco-me no lugar dele, se fosse eu em quem o Messias tivesse passado uma pasta nos olhos, me dizendo que eu fosse me lavar que seria curada! Com certeza, aquele homem foi com convicção rumo ao tanque!

Outra coisa que aprendo com esse episódio é a perseverança pra alcançar aquilo que buscamos da parte de Deus. O cego teve de se deslocar até o tanque pra poder se lavar. E, como você pode ver na foto acima, estava localizado numa parte baixa, com uma escadaria pra poder chegar até lá. O cego teve de descer toda a escadaria pra poder se lavar. Mas ele estava determinado, aquele era o dia em que ficaria curado. E, não olhando pras dificuldades, foi até o local do tanque, desceu a escadaria, se lavou e passou a ver!

Também observo a diferença entre a fé genuína e a fé religiosa. O fato do Senhor Jesus ter curado um cego de nascença usando lodo, e, ainda por cima, num dia de sábado, deixou os religiosos pra lá de irados! Jesus viu o sofrimento daquele homem e ofereceu o que Ele tinha pra oferecer: cura, libertação e salvação. Já os religiosos não sentiam a dor do povo, nem tinham nada pra oferecer além de ritos vazios que não traziam libertação da dor nem certeza de salvação da alma. Eram hipócritas, como certa vez Jesus disse a eles: "Qual será de vós o que, caindo-lhe num poço, em dia de sábado, o jumento ou o boi, o não tire logo?" (Lucas 14.5) Se eles faziam isso por um animal, por que seria errado ajudar no sábado um ser humano, criado a imagem e semelhança de Deus?!?! Mas a fé religiosa é assim, não aceita as coisas do Espírito de Deus, pois são antagônicas entre si. A mente de Altíssimo não cabe no "486" do ser humano, nem dá pra se colocar "dentro da caixinha" da religiosidade. 

O caminho pra entender as coisas de Deus, e pra receber o que vem da parte Dele, passa pela fé pura, humildade e sinceridade. Quem chega a Deus apresentando esses quesitos, com certeza, tal como aconteceu com o cego de nascença, não apenas receberá as bênçãos de Deus. Mas também terá um encontro pessoal com o Autor das bênçãos e herdará a vida eterna! 


P.S.: Recomendo a leitura atenta do capítulo 9 do Evangelho de João. É muito interessante e instrutivo. Além de engraçado também, porque o ex-cego, na educação, "dá nos dedos" dos religiosos fariseus quando interrogado por esses sobre sua cura. 😀
 
* Informação geográfica colhida de https://pt.wikipedia.org/wiki/Reservat%C3%B3rio_de_Silo%C3%A9

terça-feira, 14 de março de 2017

A timidez que estraga tudo



Vejo que a timidez masculina é algo complicado de se lidar. Na mulher, até dá um certo charme. Mas no homem, é algo que para a maioria das mulheres não causa encanto. 

Quando digo timidez refiro-me à dificuldade que alguns homens têm de tomar a iniciativa de engatar uma conversa com uma mulher, de dar demonstração de interesse, de tomar a iniciativa de pedir em namoro. Por vezes, perderam ou perderão a oportunidade de entrar em um relacionamento com uma mulher que vale a pena, com a qual poderiam ter uma futura vida a dois feliz, por não terem tomado, ou se não tomarem, uma atitude.

Observo que são raros os rapazes tímidos que não procuram a garota quando estão interessados. Por mais inseguros que sejam, eles reúnem até a última molécula de coragem e "vão à luta"! Se o cara não a procura: primeiro, ele não está interessado em você (I'm sorry, mas desencana e segue sua vida sem perder seu tempo) ou, segundo, ele é muito tímido meeeeesmo. Tem mulher que acha "engraçadinho" homem tímido. Mas imagina o seguinte quadro: ela se interessa pelo cara. Ele, mesmo que deixe transparecer interesse, não toma iniciativa de a pedir em namoro. Daí, no desespero, não querendo perder o rapaz, ELA pede o cara em namoro. As feministas que me perdoem, mas na prática, observo que isso não funciona. Por quê? Porque quando o cara, apesar de gostar da garota, é tímido ao ponto de não conseguir a pedir em namoro, lá na frente pode dar problema. A probabilidade de que, depois de casado, ele será omisso, indeciso, deixando as decisões pra mulher tomar, é muito grande.

E me desculpem de novo as feministas, mas toda a mulher, no fundo, sonha com um homem de personalidade, decidido, que sabe o que quer, que passa segurança pra mulher. Sim, toda a mulher busca segurança no homem. E todo o homem busca respeito por parte da mulher. Quando ela não encontra nele a segurança que precisa, a tendência é que comece a vê-lo e a tratá-lo com menosprezo. E, já que ele não cumpre com seu papel no dia a dia, ela começa a tomar a frente e a decidir pelos dois. Ela vira o "homem" da casa, fica sobrecarregada e estressada por ter de resolver tudo sozinha. E ele, por sua vez, não gostará da situação que se criou. Ele se sentirá desrespeitado pela forma como ela o trata, e por ela estar fazendo o que ele deveria fazer e não faz. Daí, tá armada a confusão!

Qual a solução? Se você é solteira, procure um homem com certa maturidade emocional, e que saiba o que quer, pra evitar problemas como os que descrevi. Se você é casada com um homem inseguro, precisará fazer o esforço de "recuar" e deixar seu marido tomar a frente das decisões. Você estava acostumada a decidir tudo sozinha, e viu que isso não é bom pro relacionamento. Agora, sente com ele, conversem sobre o assunto que tiverem pra resolver, pergunte a opinião dele e ouça com atenção. Dê sua opinião (sim, você tem opinião, calma, feministas!), e cheguem num consenso, deixando ele dar a última palavra. Ou seja, deixe ele tomar a decisão. E você, mesmo que não tenha concordado totalmente com a decisão, segure a onda e deixe a opinião dele prevalecer. Mesmo que o resultado não seja totalmente o esperado, você terá feito, no mínimo, três boas coisas por vocês: primeiro, ele começará a se sentir o homem da casa, e se animará em desempenhar o papel dele; segundo, ele a admirará pela forma como você o trata. E terceiro, se o resultado da decisão dele não foi o que poderia ter sido caso tivesse dado ouvidos a sua opinião, da próxima vez, ele levará mais em conta o que você diz. E o casamento de vocês entrará nos eixos!

Espero que estas linhas tenham sido úteis pra alguém. :-)

Até a próxima!

sábado, 11 de março de 2017

Desmascarando o inimigo


"Para isto se manifestou o Filho de Deus (Senhor Jesus Cristo), para destruir  as obras do diabo." (I João 3.8b)

"E foi expulso (do céu) o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos." (Apocalipse 12.9)
 

Percebo que muitos cristãos (geralmente, os de denominações tradicionais) não gostam de falar as palavras 'diabo' e 'Satanás'. Suponho que seja por quererem ser "politicamente corretos" para não causarem 'assombro' em ninguém (como se o negócio é agradar às pessoas, e não a Deus). Ou por terem um certo medo de dizer o nome daquele que faz de tudo pra destruir o ser humano. Ou ainda por terem a ideia de que não se deve citar o nome do capeta pra "não dar ibope" pra ele. Então, preferem usar os termos 'maligno' ou 'inimigo'. Só que, com o diabo, não  funciona o "não mexe comigo que eu não mexo contigo". Não existe acordo com o capiroto, e quanto mais 'respeito' com ele, ou 'ignorar' a existência dele, pior ficam as coisas pra pessoa.

Só sei que Satanás precisa ser exposto. Todos os dias, pessoas estão brigando com outras pessoas, sofrendo, morrendo e indo pro inferno a rodo por ignorarem quem é seu verdadeiro adversário. Vamos dar "nome aos bois" claramente, desmascarando o nosso inimigo. Temos o Nome do Senhor Jesus Cristo, Nome sobre todo o nome. E, nesse Nome, e pelo Sangue vertido na cruz, o diabo foi, é e será definitiva e eternamente derrotado!







 


terça-feira, 1 de setembro de 2015

O quê um homem procura em uma mulher?


Homens, hoje, a conversa é com vocês. Como disse, não sou expert em relacionamentos, mas o que tenho aprendido quero compartilhar. Quase todos os aspectos que abordei no post “O quê uma mulher procura em um homem?” servem para vocês também. Se ainda não leu, que tal dar uma passada lá? :-)
Gostaria de falar com vocês sobre o quê um homem procura em uma mulher. De certo, você que está agora lendo estas linhas tem um perfil de mulher ideal para si. Então, o quê procurar numa mulher para um relacionamento sério? Ou o quê você não deseja numa mulher para um relacionamento duradouro? O raciocínio inverso também serve.

- Primeiro, invista em você. Falei isso para as mulheres, e também vale para vocês homens. Como disse, ninguém é perfeito, mas procure estar de bem consigo mesmo e amadurecer emocionalmente. Quanto à vida profissional, procure estudar e invista em um curso técnico ou faculdade em uma área para a qual seja vocacionado. Ou, de repente, seu desejo é ter o próprio negócio. Se esse for o caso, informe-se a respeito. Instrua-se sobre administração de pequenos negócios (geralmente, se começa pequeno), existem até cursos gratuitos na internet que podem lhe ser úteis. Converse com pessoas que já tenham negócio próprio. Assista palestras motivacionais que o ajudarão a expandir a visão, e absorva as palavras positivas que forem transmitidas. Ao mesmo tempo, feche os ouvidos às palavras e pensamentos medíocres e derrotistas para que você não se torne assim e não seja jogado cal nos seus sonhos;

- Valorize-se, isso também serve para os homens. A mídia passa a ideia de que homem que é homem é pegador, fica com várias mulheres e coisas do gênero. Isso é coisa de cafajeste, e você não é um (por mais que a mídia queira tornar você em um). E outra coisa, rapazes: mulher legal não quer saber de cafajeste. O que sobra então para os caras que não se valorizam?! O que essa mídia maldita não conta aos homens é como os caras pegadores passam a se ver, nem como eles passam a ver as mulheres. Eles passam a se ver como pessoas desmoralizadas que tem mais é que se contentar com relacionamentos passageiros com mulheres quaisquer. Uma noite com uma, outra noite com outra. Namoram um tempo com uma, quando enjoam da brincadeira, trocam por outra e assim vai. E passam a ver as mulheres como “todas iguais”. Nunca ouviu caras dizerem: “as mulheres são todas iguais?”, e ainda as chamam por palavras de baixo calão. As mulheres não são todas iguais, o problema é que esses pobres moços se relacionaram com as mulheres erradas. Estão é machucados emocionalmente. De repente, se encantaram pelas “sereias”, que na realidade eram “bruxas” (mulheres também feridas e ferindo homens). Então, homens, busquem ser os 'homens certos' para se relacionarem com as 'mulheres certas';

- Ela é ciumenta? Isso serve tanto para homens quanto para mulheres, pois também existem muitos homens ciumentos. É difícil conviver com o ciúme, é opressivo. Em alguns casos, esse item está relacionado com o anterior. Como a pessoa teve experiências negativas no passado, ela suspeita que a pessoa com quem está se relacionando agora também não é confiável. Tem uma visão distorcida das coisas. As pessoas ciumentas precisam colocar os pensamentos em ordem antes de entrar em um relacionamento. Senão, sofrerão e farão sofrer;

- Como ela trata a família, principalmente o pai e irmão (se tiver)?

- Ela tem uma certa maturidade emocional para entrar em um relacionamento?

- Procure uma mulher monogâmica (ninguém merece “arrastar chifres” pela vida)! E cuidado com mulher que assim como namora homem solteiro, dali a pouco está envolvida com homem casado. Se ela não respeita o casamento e a esposa do cara com quem se envolve, você acha que ela será fiel a você?

- Como ela lida com as finanças? Ela é gastadora ou procura economizar? Tira o homem para “galinha dos ovos de ouro”? Cuidado com as interesseiras, marias-gasolina, que vêm com palavras doces, beijos, abraços... Mas se não conseguem o que querem, fazem chantagem emocional. Só não viram o homem de ponta-cabeça e sacodem até cair a última moeda porque não tem força muscular pra isso;

- Ela tem algum vício? (Se tem, ela precisa cuidar de si mesma primeiro);

- Ela o respeita e valoriza?

- É compreensiva e se importa com você?

- É uma mulher que valoriza a graciosidade? Quando digo graciosidade não me refiro a ter um corpo de ninfa que mais parece deslizar do que caminhar. Nem me refiro a falar feito uma gata miadeira. Refiro-me à feminilidade, que é algo que percebo que toda mulher precisa buscar e cultivar. Ser graciosa pode-se resumir em ter um comportamento bonito. Infelizmente, da década de 1970 para cá, com o advento do movimento feminista, muitas mulheres abdicaram da graciosidade, reputando como bobagem. Quantas mulheres falam palavrão, são indiscretas, não sabem cozinhar e nem tem interesse em aprender entre outras coisas. Os rapazes acham-nas boas companhias para ir com a turma em um barzinho ou restaurante para tomar cerveja, jogar conversa fora e dar risadas, não é verdade? Afinal, são caras de saia!

- Suas personalidades se completam?

- E por último, mas não menos importante: vocês comungam dos mesmos princípios e objetivos de vida? (mesmo as personalidades sendo diferentes, é importante e necessário que os dois tenham os mesmos princípios de vida, e que estejam “olhando para a mesma direção”, tendo objetivos em comum. Isso solidifica a relação e minimiza conflitos).


Esses são alguns aspectos importantes quando o assunto é procurar uma mulher para um relacionamento sério. Espero que tenham sido úteis, rapazes!



segunda-feira, 31 de agosto de 2015

O quê uma mulher procura em um homem?


Para começo de conversa, não sou nenhuma expert em relacionamentos, pelo contrário! Porém sou observadora, gosto de ler e de ouvir, me alegra ajudar as pessoas dentro do possível e nasci já faz algum tempo, sabe? E tenho visto, ao longo da caminhada, muita gente legal sofrendo na vida amorosa. Alguém precisa ajudá-las, e se quem tem menos qualificação é quem está disposta, porque não?! :-)

Nas minhas observações, (falo também por experiência própria, pois passei por isso), percebo que a mulher tende a ser fantasiosa no que diz respeito à vida sentimental. Deseja ter um relacionamento para a vida inteira, mas não sabe o quê deve procurar em um homem. Muitas são as que tem um modelo idealizado na cabeça, e rejeitam pretendentes que valeriam a pena por causa dessas ideias pré-concebidas as quais se prendem (também passei por isso, meninas). No entanto, tendem a ignorar características importantes que não podem faltar em um companheiro.

Quando se pergunta: como você gostaria que fosse o homem para ter um relacionamento?, muitas dizem: Ah, gostaria que ele tivesse tal altura, olhos de tal cor, que tivesse tal peso, que fosse charmoso, com uma boa conversa, que me fizesse rir... Ou seja, se apegam a pontos superficiais que no dia a dia do relacionamento não é o que pesa. Pense: do quê adianta o homem ser um deus grego por fora, se o interior dele não for condizente com o exterior? Beleza não sustenta relacionamento. Pra dizer a verdade, na hora dos desentendimentos, pela qual todos os casais passam, a pessoa nem se lembra da beleza do outro! Se o cara tiver as qualidades necessárias e ainda for bonito, ótimo! É bônus! Mas o que se observa é que muitos sofrimentos e arrependimentos vêm quando a aparência física e o contato físico era o que realmente importava. Relacionamentos assim não duram. Já nascem com prazo de validade, isso quando não morrem na casca!

Aí vão alguns aspectos que você deve observar quando procura um homem para um relacionamento:

- Primeiro, invista em você. Ninguém é perfeito, mas você precisa estar de bem consigo mesmo e com uma certa maturidade emocional antes de pensar em entrar em um relacionamento amoroso;

- Você realmente está a fim de entrar em um relacionamento? Ou, na verdade, está feliz sozinha, mas se sente pressionada pela família, parentes, amigos? Ou realmente quer ter um relacionamento, mas, quem sabe, tem medo de sofrer?

- Procure conhecer homens para amizade, sem aquela neura por um relacionamento sério. Quando você menos esperar, você o conhecerá;

- Como ele trata os pais e irmãos dele? Em especial, a mãe e a irmã (se tiver)?

- Ele evita apresentá-la para a família dele? É misterioso quanto à vida pessoal?

- Ele é monogâmico? (dispensa comentários)

- Ele é honesto nos negócios?

- É trabalhador?

- Ele tem uma certa maturidade emocional para entrar em um relacionamento?

- Ele tem algum vício? (Por exemplo: se ele gosta de beber socialmente, observe o quanto é esse “beber socialmente”. Em alguns casos, é um pré-estágio ao alcoolismo e a pessoa não se dá conta);

- Ele respeita você como pessoa e como mulher? Ou a expõe e humilha perante os outros, ou a trata bem apenas na frente dos outros? Ou demonstra não ter boas intenções quanto a você?

- Ele se importa com você? Se importa com seus sentimentos, procura ser presente nos momentos difíceis e valoriza você? (Não existe relacionamento que sobreviva sem empatia)

- Ele quer saber mais sobre você, conhecer sua pessoa melhor? (Cara interessado apenas fisicamente pela mulher costuma não ter interesse em a conhecer melhor. Ele sai com uns chavecos só pra iscar a mulher. Mas interesse genuíno por ela, ele não tem. Afinal, para quê investir emocionalmente em alguém que será descartada assim que ele conseguir o que quer?)

- É generoso com você? (quando o homem gosta de uma mulher, ele investe nela também financeiramente. Isso é fato, pois faz parte da conquista e da manutenção de um relacionamento. Não estou dizendo que ele tenha que gastar horrores com você para demonstrar seu interesse. Não! Refiro-me a não ser sovina. Os pequenos agrados agradam tanto a uma mulher! De vez em quando, uma lembrancinha; outra vez, um cartão com uma bonita e sincera mensagem. Outro dia, sai com você pra jantar. Tem tantos restaurantes legaizinhos em que o preço é mais em conta do que fast food numa praça de alimentação de shopping, não é verdade?!

- Suas personalidades se completam?

- E por último, mas não menos importante: vocês comungam dos mesmos princípios e objetivos de vida? (mesmo as personalidades sendo diferentes, é importante e necessário que os dois tenham os mesmos princípios de vida, e que estejam “olhando para a mesma direção”, tendo objetivos em comum. Isso solidifica a relação e minimiza conflitos).


Poderia citar outros aspectos, mas esses já dão um norte sobre o quê procurar em um homem para um relacionamento sério. Espero que tenha sido útil de alguma forma, meninas!
E quanto aos homens, fiquem tranquilos. O próximo post será dirigido a vocês, rapazes. Afinal, o quê o homem deve procurar em uma mulher para um relacionamento sério? Aguardem!



quarta-feira, 21 de maio de 2014

A vida é assim


A Vida é Assim

A vida é como a poesia
Tem sua métrica
Tem sua rima
Às vezes, não
Também é como o vento
Que às vezes, rápido
Às vezes, lento
Um tanto incerto
Quando muda
Muda o tempo
Muda tudo

Serenidade


Serenidade

A maior vitória é permanecer
Enquanto tantos desistem no caminho
Pedras sempre encontraremos 
Fazem parte da jornada
Mas o que tem elas
Se há uma Rocha que as quebra?



segunda-feira, 19 de maio de 2014

Poemeto I


A folha cai
O pássaro voa
Quanta leveza!




terça-feira, 22 de abril de 2014

Escolhendo o cós ideal

Mulher, você está precisando comprar uma calça. Então, vai a um shopping. São tantos os modelos, tecidos, cores... Experimenta uma, experimenta outra... De repente, você se pergunta: "Qual a melhor altura de cós pra o meu corpo?" Realmente, esse é um aspecto a ser considerado na hora de escolher uma calça.

Não é porque algo está na moda que cairá bem em todo o mundo. Uma modelagem problemática é o cós baixo. É de dar arrepios as "bordas de catupiry", ou "coberturas de cupcake" (como queira), que vemos pelas ruas.


A jovem da foto acima tem um corpo bonito, mas que se tornou "feio". Isso, graças ao cós baixo e apertado que está deformando sua silhueta. E, pra completar, à blusinha ligada e curta, que deixa o que já está ruim ainda pior! O cós baixo é uma modelagem pra magrinhas, sem gordurinhas sobrando e pra mais ninguém. No máximo, manequim 38! E não interessa se fazem calças com cós baixo em numerações maiores. Na real, a indústria e o comércio estão nem aí se vão desfavorecer o corpo da mulher! Querem é vender, lucrar! Então, vai é da pessoa mesmo, de se olhar no espelho e ter a noção do que fica legal ou ridículo. Sinto muito, mas muita franqueza nessa hora!


Outro cós que merece cuidado é o alto. Esse também é só pra mulheres magras. Porém precisam ser altas, além de magrinhas. Em baixinhas, o cós alto achata a silhueta, deixando-as ainda mais baixas. Em mulheres com pouca distância entre a cintura e os seios, também produz esse mesmo efeito "achatante". Então, evite cós alto se você se encaixa num ou noutro caso.


Já, o cós na cintura e o cós médio vestem bem as gordinhas, as com peso normal e as magras. Entretanto, mulheres que têm o abdômen saliente, seios grandes e distância ínfima entre a cintura e os seios devem evitar o cós na cintura. Efeito "Jeca Tatu" não está com nada! :-) Pra essas, o cós médio é o ideal.



Amiga, esse negócio de "está na moda, não incomoda" é uma grande mentira. A roupa errada pra o seu corpo irá desfavorecê-la! E o que tem de legal nisso? Não sou nenhuma "expert" em moda. Mas gosto de aprender e, também, de compartilhar dicas que possam ajudar. Afinal, melhorarmos nosso visual é investirmos em nós mesmas! E não importa seu peso: você pode ficar ainda mais linda realçando sua beleza com a roupa certa! Espero que as dicas tenham sido úteis. Um bom look pra você!




terça-feira, 1 de abril de 2014


"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho." (Mateus 11.4-5)
 
Existe muita riqueza a ser garimpada em apenas estas poucas palavras do Senhor Jesus. Foram a resposta Dele a uma indagação do profeta João, o batista.
Uma das riquezas nessa palavra é quando Cristo diz que 'aos pobres' está sendo pregado o evangelho. Por que Ele disse isso? Alguém pode dizer que é porque Jesus se preocupa com os pobres. Isso é verdade. Jesus sempre procurou os pobres e iletrados (ao contrário dos religiosos). Mas tem algo mais profundo que Jesus quis dizer. Por acaso, você percebeu que, no mesmo contexto em que Ele fala de coisas que sabemos serem ruins (doenças), Ele também inclui a pobreza? Em outras palavras, Ele está dizendo que veio livrar as pessoas de tudo o que é ruim. Assim como a doença é algo mau, a pobreza também o é.

A ideia de que a pobreza é provaçao, algo a ser aceito resignadamente, é um pensamento religioso que não tem base bíblica. Uma coisa é a pessoa passar privações, por exemplo, pela pregação do Evangelho. Quantos pastores passam necessidades ao irem levar a Palavra de Deus em lugares pobres, até a Obra se estabilizar no lugar. Mas outra coisa bem diferente é a pessoa passar apertos por falta de visão, por falta de entendimento. Ou seja, por achar que leva uma vida severina porque "Deus quer assim". Desde quando a pobreza, a miséria glorificam a Deus? É uma simples questão de raciocinar e de conhecer a Deus, de conhecer como Ele pensa. 

Deus deseja o melhor para os seres humanos. Somos a obra-prima da Sua criação! Como que o Deus todo-poderoso, dono do ouro e da prata, vai gostar de ver a humanidade na pobreza? É questão de raciocinar, de ampliar a visão, de se libertar através do conhecimento da verdade bíblica. Mais um motivo porque a Palavra de Deus precisa ser pregada.



quinta-feira, 20 de março de 2014

Do coxear entre dois pensamentos



"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o..."
(I Reis 18.21)

Às vezes, fico pensando o que Deus, o Criador dos céus e da terra, deve pensar quando vê pessoas adorando, consciente ou inconscientemente, a outros deuses. Usarei um exemplo que, acredito, ajudará a dar uma pequena noção do que Deus deve sentir. Você se relacionaria  amorosamente com alguém que fosse tipo "metralhadora giratória" (que "atira pra todo o lado")? Alguém que não visse você como a única opção, mas apenas como o "plano A, B ou C"? É óbvio que não! (a menos que você não tivesse um pingo de amor e respeito próprios). Por mais que seu coração gostasse da pessoa, você pesaria na balança o caráter e a maturidade dela, e sua razão não aprovaria.
Pois é, mas com Deus, muitas pessoas acham esse tipo de atitude normal, natural. Por mais que Deus queira se relacionar com o ser humano, Ele fica impedido por esse tipo de atitude. Estão como o povo de Israel nos tempos do profeta Elias: coxeando entre dois pensamentos. Não sabia se servia ao Deus vivo ou se servia aos falsos deuses. Na verdade, quem O trata assim é porque ainda não O conhece. Não sabe, de fato e de verdade, que existe o Deus Todo-Poderoso, que nunca teve princípio, nem terá fim de dias. O único Deus verdadeiro.
Deus não aceita ser apenas mais um na vida de uma pessoa. Ou Ele é o único ou Ele não é nada! Já vi pessoas dizerem coisas tais como: "Onde está Deus que não me ajuda?" Olha o jeito que está este mundo! Onde está Deus que não faz alguma coisa?" Sabe, Deus está no lugar onde essas próprias pessoas o colocaram: fora da vida delas. Daí, fica difícil de Ele fazer alguma coisa. Pois Deus é cavalheiro, Ele não obriga ninguém a amá-Lo e a buscá-Lo. Mas uma coisa Deus pode fazer e Ele faz. Ele envia, pelos quatro cantos da terra, aqueles que já o conheceram pessoalmente pra apresentá-Lo a outros. Isso é maravilhoso! Como Deus é bom! Daí, fica a critério de cada pessoa recebê-Lo ou não...

 
"E [Jesus] disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura."
(Marcos 16.15)

"Mas, a todos quantos o receberam [ao Senhor Jesus], deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome..."
(João 1.12)


sexta-feira, 14 de março de 2014

Para recebermos o TUDO




"[Disse Jesus]: Se vocês ficarem unidos comigo, e as minhas palavras continuarem em vocês, vocês receberão tudo o que pedirem." 
(João 15.7)

Assim como é verdade que recebemos resposta às nossas orações não por nosso merecimento, mas por causa de nossa manifestação de fé em Deus, também existe o outro lado. O receber TUDO o que pedirmos é apenas para aqueles que têm compromisso firmado com Deus, expresso numa vida de obediência diária a Sua Palavra por amor a Ele.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Fé prática faz a diferença



"Apresentai a vossa demanda, diz o SENHOR; alegai as vossas razões, diz o Rei de Jacó."
(Isaías 41.21) 

Você leu com atenção a passagem bíblica acima? Nela, o próprio Deus está nos estimulando a fazer algo. E o que aprendemos com apenas este versículo é grandioso! Simplesmente, pode mudar nossa vida e as circunstâncias que enfrentamos no dia a dia.

Esta semana, aconteceu algo comigo que serve pra ilustrar o que quero dizer. É um exemplo simples, mas serve mesmo assim. Eu estava no trabalho, e se aproximava a hora do meu intervalo de almoço, quando caiu uma chuva forte. Fiquei pensando no banho que iria tomar no caminho até o restaurante. Então falei pra Deus, no meu pensamento, mais ou menos assim: "Ah, meu Deus, olha essa chuva! Justo agora que preciso sair pra almoçar! Estou com fome. E não quero ter de ficar comendo bolacha com chá. Não sustenta, além do que encher a barriga de bolacha engorda. Faz a chuva dar uma estiada pra eu poder ir almoçar." Falei aquilo com certeza de que estava sendo ouvida por Deus, desejando realmente uma resposta. E continuei meus afazeres. E não é que na hora do intervalo de almoço a chuva tinha parado mesmo? Fui faceira pro restaurante! Não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez que peço pra Deus parar a chuva e Ele me atendeu.

Alguém pode me perguntar: "E aí, Marjorie, qual é o segredo?" A resposta é que não tem segredo. Está bem explícito na Palavra de Deus o que é preciso fazer. Importante que se diga que não foi por méritos meus que a chuva parou. Sou apenas um vaso de barro, pó e cinza. Não sou melhor nem pior do que ninguém. E tenho muito pra aprender. Mas Deus ouve todo aquele que pede com fé. Não é por nossos méritos. A fé é a moeda de troca com Deus. E não diga que não tem fé, pois todo o mundo tem. Pode é estar adormecida pelo fato de que, até hoje, você não sabia como usá-la. Apresente a Deus sua fé e Ele lhe apresentará a resposta.

Também é importante dizer, e isso é o que quero frizar: o próprio Deus nos convida a apresentarmos a Ele nossos problemas e nossas razões. No exemplo da chuva, meu problema era estar chovendo próximo da hora do meu almoço. Minhas razões eram que eu estava com fome, que não queria tomar banho de chuva e que não queria me encher de bolacha, pois não sustenta e engorda. Minhas razões, unidas à fé e ao desejo de Deus de nos ajudar, resultaram na resposta positiva que tive! Simples como 1+1=2!

Então, quando você estiver com algum assunto pra resolver, mostre a Deus sua fé na prática apresentando a Ele suas razões. Peça como uma criança que espera animado pela bicicleta que pediu de aniversário. Apenas receba pela fé, em seu coração, e você verá materializado seu pedido. Mostre na prática sua fé. Deus quer lhe abençoar, creia somente! E veja o Justo Juiz "bater o martelo" em seu favor!




 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Moda masculina

Olá!

Já escrevi dicas de moda para mulheres. Hoje, resolvi escrever para os homens. Trago algumas informações sobre uma peça muito útil do vestuário masculino e que deixa todo o homem arrumadinho: a camisa polo. Esta roupa fica num meio termo entre a formalidade (camisa social) e a informalidade (camiseta), muito mais pra roupa esporte. E serve para várias ocasiões informais. Cai bem com jeans, com calça de sarja, de veludo. Nos pés, sapatênis, mocassins, docksides. Num dia fresquinho, fica legal com jaqueta jeans, de sarja, de veludo, de couro também.  Vale também a criatividade unida ao bom senso.

Vejam esta matéria que encontrei em  http://www.descomplicando.com/camisa-polo/ e que achei interessante:

Camisa polo

A camisa polo sempre se destaca em meio a moda masculina pois é uma peça moderna e atraente, ela deixa o  visual masculino mais bacana e diferenciado, é um visual ótimo para os homens que gostam de estilo no dia a dia, e sem falar que elas vem como grandes apostas, elas prometem fazer sucesso nesta estação e na tendência primavera verão esta se destacando.

Ultimamente, a moda masculina esta crescendo de uma maneira sem precedentes, ela esta se destacando no mundo todo pois a cada dia que se passa o homens estão ficando amis vaidosos e se preocupando mais com a moda, alguns por necessidades outros por pura vaidade, mas oque sabemos é que a moda para eles esta ganhando mais destaque do que nunca, o verão promete ser um dos mais quentes dos últimos anos por isso fique esperto em relação a moda pois muita coisa bacana vem aí, a camisa polo é uma delas.
camisa polo  marcascamisa polo  nike

Confira outros artigos legais

Camisa polo ralph laurenCamisa polo ralph laurencamisa polo lacostecamisa polo lacostecamisetas poloscamisetas polosCamisa xadrez masculinaCamisa xadrez masculinaCamisa polo da lacosteCamisa polo da lacosteCamisa Social Masculina XadrezCamisa Social Masculina XadrezCamisas polo Lacoste- elegância e estiloCamisas polo Lacoste- elegância e estiloCamisa polo reserva

sábado, 15 de junho de 2013

Manter a razão pra não perder a razão


Esta semana, o Brasil acompanhou pelas notícias a onda de protestos gerada pelo reajuste das passagens de ônibus. Muitos usuários de transportes coletivos têm como abusiva a nova tarifa. Enquanto que, para o governo, o preço está muito abaixo da inflação acumulada. Entendo que a população tem o direito de expor sua opinião e suas reclamações. Mas percebo que não da forma como os protestos se desenrolaram.

Sorrateiramente, o monstro da inflação está mostrando sua cara. É um reajuste aqui, outro ali, e o preço de tudo está aumentando. Quem vai ao supermercado semanalmente percebe que, aos poucos, o preço das mercadorias está aumentando. Sabe, o que preocupa o povo é o montante. Sobe um pouquinho o valor da passagem, sobe outro pouquinho a alimentação, o vestuário, a escola e material escolar dos filhos e assim por diante. No fim das contas, haja dinheiro pra se passar o mês! O povo está cansado de trabalhar e não ver a cor do dinheiro. Só dá pra vivência (e olhe lá!)! E o lazer? E o poder comprar algo que se deseja sem que isso cause um rombo no orçamento? E a desigualdade social que se vê começando pelo que se ganha? E tantos impostos que se paga sem se ter o retorno? Essa é a revolta do povo. É uma revolta justa! O povo não aguenta mais! O governo precisa dar retorno do dinheiro dos impostos em melhorias na saúde, na educação entre outros. E também tomar medidas imediatas pra conter a inflação, sem com isso sacrificar mais ainda o Zé Povinho que se encontra debaixo do tacão. Sim, pois ninguém se sente realmente livre quando está preso pela preocupação financeira. Isso é uma realidade. Queria ver quem diz que não é bem assim viver com o salário com que a maioria da população sobrevive!

Por outro lado, as manifestações violentas que assistimos são lamentáveis. Não é com quebra-quebra, não é com baixaria que a população conseguirá ter suas reivindicações atendidas pelo governo. Daí, alguém pode dizer: "Mas chamamos a atenção do governo!" Sim, mas de uma forma negativa. Chamaram a atenção da mesma forma que um grande acidente de trânsito chama: foi um verdadeiro desastre! E também foi um tiro no próprio pé! Tudo o que foi destruído durante as manifestações está gerando um ônus para os Estados e para os municípios envolvidos. E de onde sairá a verba pra pagar os prejuízos? Não será, por acaso, do bolso do próprio contribuinte, do próprio povo? Pensa, Zé Povinho, pensa! 

Lembrei de um versículo bíblico que vem bem a calhar. Diz assim: "Teme [respeite] ao SENHOR, filho meu, e ao rei [aos governantes] e não te associes com os revoltosos." (Provérbios 24.21) Por que Deus nos ensina a não nos associarmos com os revoltosos? Uma das razões é porque a pessoa revoltosa (levada pela revolta negativa) age de forma irracional e, consequentemente, perde a razão naquilo pelo qual está pleiteando. O indivíduo pode estar no seu direito, pode ter razão na sua reivindicação. Mas se "desce do salto", perde a razão no assunto em questão, passa a não ser mais ouvido e é tratado como um problema. E, de problemas, todo mundo quer distância, não é mesmo? Nesse caso das passagens, acabará é permanecendo o novo valor da tarifa e ponto final. O povo tem direito de manifestar seu descontentamento, e tem direito a ter suas reivindicações justas atendidas.  Mas veja bem como lutará pelos seus direitos. Que seja de uma forma digna, pelo amor da mãe do guardinha lá da esquina!

Então, o que deixo como mensagem central da minha fala (ou melhor, do meu escrito) é: Mantenha a razão pra não perder a razão!


Até a próxima!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...